quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Eu sou Poesia

Eu sou Poesia, incompleta.
Procura-se um Poeta.


3 Participações especiais:

Carlos Mota disse...

"O poeta é um eterno fingidor...
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente!!!

(Fernando Pessoa)

Rodrigo Dias disse...

Legal essa poesia... Mas continuo não gostando deste tipo de literatura.

Ah! E, finalmente, comentei aqui. =D

Beijo, Belinha!

zorek disse...

Mas quem não é poesia imcompleta? Se completa fosse, talvez já não o seja. Poesia essa q ganha a força no que não há, mas perde muito com o que a gente pensa que já está. E quando acaba a gente olha e quem vem lá? É ela entre soluços, entre a dor e fadiga pra mostrar q nem tudo está perdido mas recém encontrado.

beijos Beli.