domingo, 18 de novembro de 2007

There she is!

Abrindo o espaço para falar de novo sobre amor.

O vídeozinho, enviado pelo Gustavo (ainda vou abrir um espaço aqui só pra ele), relata bem o sofrimento de uma moça, com orelhas compridas, que se apaixona por um rapaz muito diferente dela.

O rapaz foge, corre, se esconde, mas não dá, o amor da mocinha é forte e ele acaba cedendo.
Ele se esforça e sofre, pois acha que não gosta dela. Até que um belo dia, ele percebe, que ela é o seu grande amor.

Às vezes é assim, difícil para perceber e/ou aceitar. Deixo o vídeozinho coreano e o link de um conto que me fez chorar lá do blog Guerras Secretas, que mostra que às vezes perdemos muito tempo desacreditando no amor.

Caramba! O amor é lindo! Pra quê complicar? =)))))



Eu chorei rindo desse vídeo. Fofo demais!
A música é There She Is, da banda Witches.



3 Participações especiais:

Carlos Mota disse...

O problema do amor é que geralmente quem ama, sofre. O problema do amor é que geralmente nos apaixonamos pela pessoa errada.
O problema do amor é que nos apaixonamos por uma pessoa pelo que pensamos o que ela é e não pelo que ela é realmente.
O problema do amor é que aprendemos a amar mas raramente aprendemos a sofrer com este amor.
O problema do amor é que ele nos cega e, quando abrimos os olhos, não dá mais para deixar de sofrer.
O problema do amor, é o amor!!!!

Nina 512 disse...

uou,

oO

amei o comentário acima... mt bom mesmo...

enfim, uma pergunta surge envergonhadamente na minha cabeça insana... existe alguém apaixonada no recinto????



=)


bjox x x

A Menina Ruiva disse...

Nina... existe... sempre!
Se não existisse, não faria sentido nenhum. Nem o post, nem minha vida.

Sou uma menina ruiva perdidamente apaixonada.
Por quem?
É segredo... é segredo e nem "ele" sabe.